sábado, 15 de agosto de 2009

Bola de sardinha de Bragança


Modo de preparação:
Toma-se um Quilo grama de massa de farinha de trigo, levedada, deitam-se-lhe 12 ovos, um pouco de sal fino e dois e meio decilitros de bom azeite quente; Liga-se tudo muito bem, de modo que fique uma massa perfeitamente uniforme e bastante fluida. Em seguida, acrescenta-se-lhe farinha, pouco a pouco, amassando a massa até que fique enxuta. Esta massa é dividida em duas partes, aproximadamente iguais; Metade estende-se à mão em rectângulo e coloca-se dentro de um tabuleiro de ir ao forno com 0.30 cm de comprido e 0.20 cm de largo aproximadamente, untado com azeite, e dá-se-lhe a forma deste tabuleiro. Numa caçarola deitam-se bastantes rodas de cebola, com muito azeite e deixam-se começar a aloirar, só começar;
Tiram-se as cebolas e, no azeite, deitam-se sardinhas limpas e sem cabeças e dá-se-lhes uma passagem rápida. As sardinhas assim preparadas, dispõem-se arrumadas no tabuleiro formado de massa; For cima delas, dispõem-se as rodas de cebola e rega-se tudo com o azeite da cagarola. For cima põe-se uma tampa formada com a outra metade da massa, tampa que entra neste tabuleiro e sobre a qual se rebatem as paredes do mesmo tabuleiro. Depois do empadão fechado enfeita-se com sulcos feitos na massa e deixa-se repousar por algumas horas, para que a levedura que existia na massa primitiva produza uma certa fermentação e a massa depois de cozida fique um tanto fofa.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

AÇORDA DE SÁVEL RECEITA CULINÁRIA

RECEITA CULINÁRIA AÇORDA DE SÁVEL

3 cabeças e 1 ova de sável
2 pães de trigo
sumo de 1/2 limão
4 dl de azeite
Louro
Coentros
Sal q.b.
piripiri q.b.

Coza a ova e as cabeças com muita agua temperada com sal, louro e azeite. Corte o pão em fatias para uma tigela funda (almoçadeira) e escalde-o com a agua que cozeu o peixe, devidamente coada. Deixe repousar um pouco para embeber, com o pão já embebido, deite-lhe o azeite quente com os alhos fritos, mexendo tudo muito bem para envolver. Leve de novo ao lume para levantar fervura, temperando com sumo de limão, coentros picados e piripiri. Sirva acompanhando com sável frito.


SAIBA MAIS

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

PASTEIS DE TENTUGAL RECEITA CULINÁRIA

PASTEIS DE TENTUGAL RECEITA CULINÁRIA


700 g de farinha
0.5 dl de agua
1 kg de ovos moles
manteiga
canela
açúcar em pó q.b.

Amassa-se a farinha com a água até o preparado ficar macio, deixando-se repousar. Numa mesa bem espaçosa, estenda um cobertor de lã bem esticado e por cima deste uma toalha, deita-se por cima a massa e estende-se o mais fino possível, por exemplo da grossura de uma folha de seda. Corta-se em rectângulos com 16 cm de comprimento e 8cm de largura, passando-se por um tabuleiro untado com manteiga derretida em banho-maria. Sobrepõe-se cinco ou seis rectângulos para formar o folhado. No centra, introduz-se os ovos-moles fechando-se de seguida em forma de travesseiro, dobrando as pontas para cima.

Os pastéis são colocados num tabuleiro e vão ao forno a cozer e a corar levemente. Quando prontos polvilham-se com açúcar em pó e canela.

Sopa da Pedra


Ingredientes:

500 g feijão encarnado

250 g batatas

2 Orelhas de porco

200 g entrecosto

100 g de paio de porco

½ Chouriço de carne

1/2 Negro
1 Farinheira
2 Folhas de louro
1 ramo de coentros
1 Cebola
3 Dentes de alho
cominhos q.b.
3
Ramos hortelã
sal q.b.
Pimenta q.b.
Cravinho q.b.
priri-piri

Modo de preparação:

Salgar a carne de porco com 48 horas de antecedência. Demolhar o feijão encarnado 4 horas antes da sua confecção. Quatro horas antes da confecção demolhar a carne para retirar o excesso de sal. Colocar as carnes, o chouriço, o negro, a farinheira e o feijão encarnado a coser em lume brando. Verter urn fio de azeite e adicionar o alho, o louro a cebola com cravinho. Adicionar as batatas cortadas em pequenos cubos. Retirar por ordem de cozedura a farinheira, o chouriço e o negro e por ultimo as carnes. Temperar o caldo onde estão a cozer as batatas, o feijão com pimenta, sal, cominhos, piripiri e colorau. Cortar agora as carnes e adicionar a sopa. Na hora do empratamento colocar um raminho de hortelã. Manda a tradição colocar
nesta sopa uma pedra.

LAGOSTA SUADA RECEITA CULINÁRIA

LAGOSTA SUADA RECEITA CULINÁRIA


1 Lagosta
2 dl de vinho generoso
2 dl de aguardente velha
3 dl de vinho branco
300 g de tomate maduro
400 g de cebola
300 g de arroz
alho e salsa
raminho de cheiros
piri-piri
sal
pimenta

Faça um refogado da cebola com o tomate e os restantes temperos, metendo depois os vinhos branco e doce e deixe apurar muito bem. Após 45 minu­tes corte a lagosta ao meio e coloque-a no tacho, a "suar", durante 20 minutos, para que tome o gosto do refogado. Sirva com arroz branco cozido decorando a seu gosto.

RECEITA DE CULINÁRIA BIFE À MARRARE



Bife do lombo salteado em manteiga, ao qual é adicionado natas, pimenta preta, aguardente ,e um pouco de mostarda.
Após a redução, este molho devera apresentar alguma espessura cremosa e cor acastanhada. Guarnecido com uma salada mesclada e batata.

domingo, 9 de agosto de 2009

Bolo de bacalhau


Coze-se uma porção de bacalhau com batatas e passam-se pela máquina.
Tempera-se com pimenta e salsa picadinha.
Numa frigideira, deita-se bastante azeite e alguns dentes de alho e quando estes estiverem louros, retiram-se da frigideira, onde o azeite deve estar a ferver.
Mistura-se bem dando-lhe a forma de um bolo, retirando do lume quando começar a alourar.

PASTEIS DE BACALHAU RECEITA CULINÁRIA

PASTEIS DE BACALHAU RECEITA CULINÁRIA


Coze-se uma posta de bacalhau demolhado e passa-se pela máquina.
Coze-se uma porção de batatas e esmagam-se; junta-se o bacalhau e as batatas; salsa picada, pimenta e duas ou três gemas de ovos e as claras batidas em castelo. Fritam-se em óleo.

PASTELÃO DE BACALHAU RECEITA CULINARIA

PASTELÃO DE BACALHAU COM FEIJÃO VERDE RECEITA CULINÁRIA


Coze-se o bacalhau, depois pica-se e refoga-se em azeite e cebola picadinha.
Coze-se feijão verde e pica-se, juntando ao bacalhau já refogado.
Depois, deitam-se gemas de ovos e as respectivas claras batidas em castelo.
Estando tudo devidamente misturado, deita-se numa forma de loiça própria para ir ao forno e barra-se com gema de ovo.
Vai ao forno a corar.
Antes de deitar o bacalhau na forma, cobre-se o fundo desta com azeite bem quente.

FILETES DE BACALHAU RECEITA DE CULINÁRIA

FILETES DE BACALHAU RECEITA DE CULINÁRIA

Corta-se em lascas uma posta de baca­lhau cozido.
Passam-se por farinha e ovo batido e fritam-se.

Doce de tomate

Para se pelar bem o tomate, passa-se levemente com a lâmina da faca, sem o cortar, durante algum tempo, na parte oposta ao pedúnculo do tomate; depois, com o bico da faca, puxa-se a pele que sairá com facilidade.
Limpa-se de pevides o polme assim obtido e junta-se-lhe igual peso de açúcar, levando ao lume a tomar ponto. Quando começar a ferver, mexe-se sempre, para não se pegar ao fundo do tacho (que devera ser, de preferência, de barro e que só sirva a doce).
Se for para guardar, deixa-se ferver durante uma hora e meia; sendo para comer na ocasião, bastará uma hora. Ao tirar do lume, deixa-se esfriar e deita-se em taças, frascos de vidro ou tigelas.
Para se pelar bem o tomate, passa-se levemente com a lâmina da faca, sem o cortar, durante algum tempo, na parte oposta ao pedúnculo do tomate; depois, com o bico da faca, puxa-se a pele que sairá com facilidade.
Limpa-se de pevides o polme assim obtido e junta-se-lhe igual peso de açúcar, levando ao lume a tomar ponto. Quando começar a ferver, mexe-se sempre, para não se pegar ao fundo do tacho (que devera ser, de preferência, de barro e que só sirva a doce).
Se for para guardar, deixa-se ferver durante uma hora e meia; sendo para comer na ocasião, bastará uma hora. Ao tirar do lume, deixa-se esfriar e deita-se em taças, frascos de vidro ou tigelas.

Pescadinhas fritas

Amanham-se pescadinhas pequenas, torcem-se de maneira que fiquem com o rabo entalado na boca, enxugam-se num pano, passam-se por farinha e fritam-se em azeite ou óleo. Servem-se acompanhadas de arroz de manteiga.

Arroz de peixe

Deita-se o arroz, convenientemente lavado, numa caçarola com agua suficiente para o cozer; tempera-se com sal e pimenta e junta-se-lhe uma cebola, uma cenoura e azeite.
Deixa-se cozer tudo a fogo brando sem lhe mexer; tira-se depois a cebola e a cenoura e passam-se pelo passador bem como um pouco de peixe ou bacalhau cozido; fez-se de tudo isto um polme que se junta ao arroz.

sábado, 8 de agosto de 2009

Bacalhau verde


Tem-se demolhado, uma posta de baca­lhau que faça boa lasca, coze-se e parte-se às lascas.
Desfaz-se uma colher de farinha num pouco de leite.
Junta-se-lhe sal, pimenta, uma colher de manteiga e as lascas do bacalhau.
Leva-se ao lume a ferver durante um quarto de hora em lume brando.
Pica-se uma boa porção de salsa que se deita por cima do bacalhau, assim como o sumo de um limão, depois de já estar o ba­calhau na travessa.

Bacalhau em puré


Coze-se o bacalhau e parte-se aos bocadinhos.
Numa caçarola faz-se um refogado com bastante azeite e cebola às rodas até ficar loura.
Em seguida, junta-se-lhe batata cozida passada pela máquina, uma colher de manteiga, o bacalhau, bastante pimenta e umas colheres de leite. Leva-se ao forno a alourar.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Pudim de bacalhau


Passa-se pela máquina depois de cozida uma boa posta de bacalhau e quatro batatas grandes, tempera-se esta massa com manteiga, sal, pimenta, três gemas e uma casquinha de limão, depois de tudo bem incorporado, adiciona-se-lhe três claras batidas em castelo. Pode ir ao forno em forma pirex ou em forma vulgar, esta untada de manteiga, para depois desenformar. Serve-se acompanhado de salada de agriões.