quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

CASTANHAS DE OVOS RECEITA DE CULINARIA

CASTANHAS DE OVOS RECEITA DE CULINARIA


10 Gemas
250 grs. amêndoas
250 grs. açúcar
gema para tender q. b..

Põe-se o açúcar ao lume ate chegar ao ponto de espadana, pisa-se a amêndoa, junta-se ao açúcar e deixa-se ferver. Tira-se do lume e deixa-se arrefecer. Batem-se as gemas e deitam-se no açúcar, que volta ao lume para levantar fervura.

REBUÇADOS DE CASTANHAS RECEITA DE CULINARIA

REBUÇADOS DE CASTANHAS RECEITA DE CULINÁRIA


Cozem-se as castanhas, descascam-se e passam-se pela máquina.

Pesa-se igual peso de açúcar, junta-se a agua precisa e uma fava de baunilha, ferve até tomar ponto de espadana e deitam-se as castanhas.

Depois de frio tendem-se bolas pequeninas que se envolvem em papeis de cor.

Podem-se juntar-se, as castanha, nozes, avelãs e amêndoas, tudo pesado e feito com igual peso de açúcar.

SOPA DE CASTANHAS RECEITA DE CULINÁRIA

SOPA DE CASTANHAS RECEITA DE CULINÁRIA


30 castanhas
1/2 litro leite
azeite q b
sal q. baste.

Escolhem-se castanhas boas e grossas, descascam-se e põem-se a ferver em água e sal para se lhes poder tirar a pele.
Em seguida, em 1/4 de litro de leite para cada quinze a vinte castanhas, põem-se a cozer definitivamente.

Passam-se pelo passador e voltam ao lume em agua suficiente até ferver

.

CASTANHAS RECEITAS DE CULINÁRIA



CASTANHAS RECEITAS DE CULINÁRIA

Chegou a época das castanhas. É grande o seu poder nutritivo, por isso é de aconselhar que as donas de casa preparem as castanhas de modo a todos as poderem comer: cozidas, assadas, em sopa, em doces, etc..
Não tenhamos receio de não as digerir e de julgar um prato forte demais. A castanha é de fácil digestão. A principio convêm não abusar na quantidade.
Publicamos varias maneiras de as cozinhar e ainda uma receita -de cas­tanhas fingidas.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

TAGLIATELLE COM ERVILHAS E FRANGO RECEITA CULINÁRIA



TAGLIATELLE COM ERVILHAS E FRANGO RECEITA CULINÁRIA

2 bifes de frango
2 dentes de alho
1 dl de vinho branco
300 g de ervilha-torta
250 g de tagliatelle
1 c. (de sopa) de manteiga
0,5 dl de azeite
sal, pimenta e colorau q.b.

Corte a carne em pedaços e tempere-os com sal, pimenta e um dente de alho laminado. Regue ainda com o vinho e reserve.

Coza as ervilhas em água abundante, temperada com sal. Coza também a massa, seguindo as instruções indicadas na embalagem. Retire-a, escorra-a e envolva-lhe a manteiga.

Pique o alho restante e refogue-o no azeite. Deixe alourar e junte o frango, escorrido da marinada. Deixe cozinhar e junte-lhe a ta­gliatelle e as ervilhas-tortas cozidas. Envolva tudo, rectifique os temperos e sirva.

SOPA DE CASTANHAS RECEITA DE CULINÁRIA

SOPA DE CASTANHAS RECEITA DE CULINÁRIA

2 Cebolas
2 Dentes de alho
2 c.sopa Azeite
500 g Castanhas congeladas
250 g Courgette
1 Talo de aipo
5 g Erva Doce
1 c. cha Sal Marinho

Refogue a cebola e alho, bem picados, em metade do azeite. Junte as castanhas, a courgette em cubos e metade do aipo picado. Adicione agua suficiente e a erva-doce e deixe ferver. Triture tudo de modo a obter um creme aveludado. Coloque o restante aipo em pequenos cubos e deixe cozer mais um pouco. Tempere com sal e o azeite.

Sirva bem quente.

SOPA DE FRANGO COM ANIS RECEITA DE CULINARIA

 SOPA DE FRANGO COM ANIS RECEITA DE CULINÁRIA

1/2 frango
1,3 l de água
2 dentes de alho
2 cebolas
2 cenouras
1 folha de louro
1 estrela de anis
1 dl de natas
sal e manjericão q.b.

Retire o osso ao frango, corte-o em pedaços e coloque-os numa panela juntamente com a agua. Junte os alhos, as cebolas, as cenouras, o louro, a estrela de anis e sal. Leve ao lume e deixe cozer.

Depois de tudo cozido, retire a estrela de anis, a folha de louro, um pedaço de frango e uma cenoura e triture o restante.Leve a sopa novamente ao lume e junte as natas. Envolva e deixe ferver. Retire e junte o frango desfiado, a cenoura em cubos, a estrela de anis e manjericão.

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

SOPA DE FEIJÃO RECEITA DE CULINÁRIA

SOPA DE FEIJÃO RECEITA DE CULINÁRIA

2 Cebolas
2 dentes de alho
2 cenouras
500 g de batata
1,2 l de agua
500 g de feijão-manteiga
100 g de massa mafalda-corta
 2 c. (de sopa) de azeite

 Descasque as cebolas, os alhos, as cenouras e as batatas e corte tudo em pedaços. Coza estes legumes na água, temperada com sal, cerca de 15 minutos.
 Junte metade do feijão, cozinhe mais uns minutos e retire a sopa do lume. Triture-a e passe-a por um passador de rede.
 Leve novamente ao lume e adicione a massa. Coza mais uns minutos e envolva o feijão restante. Deixe ferver durante dois minutos. Rectifique os temperos, verta o azeite por cima e sirva.

SOPA DE ERVILHAS RECEITA CULINÁRIA

Sopa de ervilhas

1,2 L de água
1 cubo de concentrado de caldo de carne
2 cebolas
4 dentes de alho
500 g de batata
100 g de alho francês
2 c. (de sopa) de azeite
500 g de ervilhas de conserva
200 g de ervilhas
sal q.b.

 Ferva a agua e junte-lhe o cubo, mexendo até diluir. Corte as cebolas, os alhos, as bata­tas e o alho francês em pedaços. Numa panela funda, refogue-os no azeite e junte-lhes o caldo. Tempere com sal e, assim que ferver, junte as ervilhas de conserva escorridas.
. Deixe cozer dez minutos, em lume brando. Retire do lume e triture a sopa. Passe-a depois por um passador de rede. Leve novamente ao lume. Arranje as ervilhas-tortas, corte-as em pedaços e junte-as á sopa. Coza 15 minutos, rectifique os temperos e sirva.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

ROLO DE BACALHAU RECEITA CULINÁRIA

ROLO DE BACALHAU RECEITA CULINÁRIA

2 postas bacalhau
500 g batatas
3 cebolas grandes
1 alho 
azeite qb
salsa
gema ovo

Cozem-se duas postas de bacalhau, 500 gr. de batatas, pisa-se o bacalhau dentro de um pano até ficar desfiado e passa-se pela maquina a batata, temperando-se de sal, manteiga e pimenta.
Faz-se um refogado com três cebolas bastante grandes, um alho picadinho e azeite, tudo dentro de um tacho de barro; deita-se o bacalhau e deixa-se ferver durante 10 minu­tes e pondo-se a batata mistura-se tudo muito bem. Tira-se a massa do tacho e deita-se na pedra, dá-se-lhe o feitio de rolo e coloca-se no prato de ir ao forno, cobre-se com molho branco e enfeita-se com gema de ovo ralado, salsa picadinha e rabanetes em forma de flores. Leva-se ao forno só até tomar cor.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

SUFLE DE ABOBORA RECEITA DE CULINARIA

SUFLE DE ABÓBORA RECEITA DE CULINÁRIA

3 xícaras (chá) de abóbora sem casca em cubos
Sal e pimenta-do-reino a gosto
1 pitada de açúcar
2 colheres (sopa) de manteiga
1 cebola pequena ralada
7 Colher (sopa) de farinha de trigo
2/3 de xícara (chá) de leite
2 ovos
1 pitada de noz-moscada
3 Colheres (sopa) de queijo-de-minas padrão ralado
Manteiga para untar

Cozinhe a abóbora em agua com sal e o açúcar até amolecer. Coloque em uma tigela, amasse e reserve.

Derreta a manteiga e refogue a cebola até ficar transparente. Junte a farinha e mexa. Adicione o leite, sem parar de mexer, ate engrossar.

Retire do fogo, acrescente a abóbora reservada, as gemas e misture. Tempere com a noz-moscada, sal e pimenta.

Bata as claras em neve e adicione ao creme, mexendo delicadamente, ate incorporar. Unte um refractário redondo e fundo de 18 cm de diâmetro com manteiga e salpique o queijo. Despeje o creme e leve ao forno médio, pre aquecido, por 40 minutos ou ate crescer e dourar.

Sirva em seguida.

LAMPREIA DE OVOS RECEITA CULINÁRIA

LAMPREIA DE OVOS RECEITA CULINÁRIA

Para os fios de ovos:

60 gemas
5 claras
1 kg de açúcar.

Para os ovos moles:

175 grs de açúcar
12 gemas e 1 clara.

Para a espécie:
250 gr de amêndoas
Açúcar para caramelo 
Glacê de açúcar branco.

Preparam-se 3 dúzias de ovos em fio e 2 dúzias em trouxas. Estas não se enrolam.
Fazem-se os ovos-moles com os ingredientes citados e juntam-se-lhes as amêndoas peladas e finamente raladas. Leva-se esta especie ao lume brando para engrossar.

 Para armar a lampreia: dispõe-se uma terça parte dos fios de ovos no prato de serviço, dando-lhes a forma de lampreia; por cima deita-se a espécie de ovos-moles e amêndoa e cobre-se esta com mais fios de ovos. Dispõem-se as «capas» das trouxas sobre o conjunto anterior, sobrepondo-as e moldando-as, de modo a ficar com o feitio da lampreia (embora bastante menos comprida). 

A cabeça devera ter muito mais volume do que a cauda. Faz-se um pouco de caramelo escuro (mas sem queimar, pois amarga) que se deita sobre parte do corpo da lampreia e, depois, com a glacê de açúcar branco desenham-se os olhos, a boca e «escamas» na ponta da cauda. Colocam-se cerejas cristalizadas nos olhos e um pouco de cidrão a simular a língua. Contorna-se toda a lampreia com fios de ovos.
 0 açúcar, caramelo e a glacê só se aplicam no dia em que a lampreia será comida, pois em contacto com a calda das trouxas, tem tendência para derreter.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

SOPA DOURADA RECEITA CULINÁRIA



SOPA DOURADA RECEITA CULINÁRIA

100 gr de pão-de-ló
12 Gemas
600 gr de açúcar
3 dl de água
Canela q.b.

Corte o pão-de-ló em fatias finas. Leve a agua e o açúcar ao lume ate ferver por igual (ponto de fio fraco). Retire do lume. Mergulhe na calda, as fatias de pão-de-ló, colocando-as depois num prato de barro. Na restante calda misture as gemas batidas. Leve ao lume a cozer, mexendo sempre até fazer estrada. Espalhe o doce sobre as fatias e polvilhe com canela (para de obter um bom efeito, atire a canela dos quatro lados do prato).

SONHOS DE ABÓBORA RECEITA CULINÁRIA

SONHOS DE ABÓBORA RECEITA CULINÁRIA

0,5 litro de agua
150 gr de abóbora
Casca de 1/4 limão
150 gr de manteiga
1 1/2 cálice de aguardente
10 ovos
150 gr de açúcar
350 gr de farinha.

Coloque num tacho com a água, a abóbora, a casca de limão, a manteiga e a aguardente. Leve ao lume até ferver. Misture a farinha e coza, mexendo sempre, ate a massa se despegar do fundo do tacho. Deixe arrefecer e misture os ovos, um a um.
Deite colheradas de massa em óleo fervente. Retire quando estiverem loiros. Passe por açúcar e canela.

AZEVIAS RECEITA CULINÁRIA

AZEVIAS RECEITA CULINÁRIA

Para a massa:

1000 grs de farinha sem fermento
300 gr de banha
500 gr de agua
10 gr de sal
Aguardente q.b.
1 gema de ovo.

Para o recheio:

1000 gr de grão cozido
1000 gr de açúcar
1 pau de canela
1 casca de limão
4 gemas
cerca de 200 grs de amêndoa moída (opcional).

Retire a casca ao grão o mais que puder, juntar com o açúcar, pau de canela e casca de limão, leve ao lume e ferva mais ou menos 1 hora, mexendo sempre para não pegar. Retire do lume, junte as gemas e a amêndoa, e leve novamente ao lume para cozer as gemas. Deixar arrefecer.

Entretanto, prepare a massa: amasse a banha com a farinha até estarem bem misturadas, junte a água aos poucos e os restantes ingredientes até obter uma massa homogênea (tempo de amassar: cerca de 45 minutos).

Estique a massa, coloque porções de recheio separadas (tipo rissol), dobre e, com a carretilha, corte tipo almofada. 
Frite em óleo bem quente e passe por açúcar e canela.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

RANCHO DE LEGUMES RECEITA CULINÁRIA

RANCHO DE LEGUMES RECEITA CULINÁRIA

100 g de tomate pelado 
100 g de berinjela
1 curgete
1/2 Pimento vermelho
200 g de cenoura
80 g de macarronete
100 g de grão cozido
2 c. (de sopa) de azeite,
1 c. (de sopa) de polpa de tomate
pimenta e alecrim q.b.

Comece por cortar o toma­te, a beringela, a curgete e o pimento em cubos e a cenoura em rodelas.Coza os legumes, o macarronete e o grão, durante 12 minutos, em água abundante temperada com pimenta, o azeite e a polpa de tomate. Sirva com folhas de alecrim.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

BORREGO COM ESPINAFRES RECEITA CULINARIA

RECEITA CULINÁRIA BORREGO COM ESPINAFRES

600 g de perna de borrego
4 Dentes de alho
1/2 limão (sumo)
1 dl de vinho branco
1 Molho de espinafres
1/2 c. (de chá) de sal
Pimenta q.b.

Arranje a carne de véspera: Limpe-a de gorduras, tempere-a com o alho laminado, o sal, o sumo de limão e o vinho. Decorrido o tempo, ate a carne, com fio de cozinha, para que fique com uma forma cilíndrica.
 Leve ao forno a 170°C, por cerca de 40 minutos. Regue, ocasionalmente, com a marinada á medida que a vai virando,

Entretanto, escalde as folhas dos espinafres em água abundante e reserve-as. A dez minutos do fim do tempo de assar a carne, adicione os espinafres escorridos e envolva-os com o molho da carne. Deixe a carne acabar de assar sobre a cama de espinafres, retirando o fio nesta altura. Retire do forno e sirva de imediato.

domingo, 6 de dezembro de 2009

SOPA DE GRÃO COM TOMATE RECEITA CULINÁRIA

SOPA DE GRÃ COM TOMATE RECEITA CULINÁRIA

100g de grão
1 c. (de chá) de sal grosso!
1,5 l de agua
400 g de batatas
1/2 alho francês
3 cabeças de alho
2 Tomates;
50 ml de azeite
1/2 molho de agriões
sal e pimenta q.b.

Demolhe o grão de véspera em agua abundante com o sal.
Coza-o na água temperada com sal.
Na mesma agua, coza também as batatas descascadas, o alho francês e os alhos.
Reti­re do calor, reduza a puré e ferva novamente.
Corte o tomate em cubinhos e salteie-os no azeite.

Deixe ganhar cor e junte os agriões.
Tempere com sal e pimenta e envolva no creme.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

FRUTOS OLEOGINOSOS

Frutos oleoginosos
São frutos com elevado teor em energia por serem ricos em lípidos, principalmente ácidos gordos polinsaturados (ómega-3). A ingestão destes frutos, como por exemplo a noz, deve ser controlada dado serem ricos em calorias, no entanto, o consume de três a seis nozes por dia, tem efeitos positives ao nível da protecção cardiovascular. Os seus ácidos gordos ómega-3 conseguem aumentar a capacidade do organismo em utilizar insulina, regulando, desta forma, os níveis de glicose e diminuindo o nível de colesterol total e LDL, reduzindo a viscosidade sanguínea. Tanto as nozes como os restantes frutos oleaginosos (amêndoas, avelãs, castanhas de caju), são também importantes fontes de vitaminas do complexo B, minerais (fósforo, potássio e magnésio) e oligoelementos (zinco e cobre manganes).

ALIMENTOS INTEGRAIS

Alimentos integrais
Seja arroz, massa, pão ou cereais e de preferir a versão integral dos mesmos alimentos. Os alimentos integrais, ou seja, ricos em fibra, contribuem significativamente para a prevenção e controlo da diabetes. Para alem de retardarem a absorção dos glucidos, reduzindo os picos de glicemia (hiperglicemias), tem ainda um efeito saciador, que ajuda na diminuição do apetite. Alimentos integrais são também uma fonte de crómio, mineral que melhora a função da insulina e contribui para normalização dos níveis de glicose (açúcar) no sangue. Alguns estudos fazem ainda a associação entre a carência de crómio e aumento da compulsão para comer doces.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

CARNE Á JARDINEIRA RECEITA CULINÁRIA

CARNE Á JARDINEIRA RECEITA CULINÁRIA

Tiram-se os ossos e as peles a um bom bocado de vaca, liga-se com linha, de maneira que fique arredondada.
Assim preparada, põe-se numa caçarola contendo fatias de toucinho, cebola às rodas alho, louro, pimenta, vinho branco e umas pedrinhas de sal e leva-se a estufar em lume brando e com a caçarola tapada; quando se vir que o molho está um pouco seco, vai-se-lhe deitando umas conchas de caldo.
Cozem-se, numa panela, cenouras, nabos, feijão verde, ervilhas, brócolos e olhos de couve portuguesa; depois de cozidas, tiram-se da panela e levam-se novamente ao lume numa caçarola com um pouco de caldo e uma colher de manteiga; deixa-se ferver um pouco e dispõem-se numa travessa todos os legumes, de modo que fique uma travessa interessante; ao meio a carne estufada e por cima de tudo o molho onde a carne foi estufada.

SARDINHAS COM ERVAS FINAS

Sardinhas com ervas finas
Escamadas as sardinhas, tiradas as tripas, cortadas as cabeças e as pontas dos rabos, e muito bem lavadas, marinem-se em azeite, sal, vinagre, pimenta e alho picado e ervas finas: depois de marinadas, arrumam-se numa caixa de prata sobre um pouco de manteiga ou de picado, cobrem-se de pão ralado fino, e metem-se a cozer no forno: em estando cozidas, servem-se com um pouco de molho picante por cima, ordinariamente comem-se assadas, fritas, etc.

BOLA DE SARDINHAS Á BRAGANTINA RECEITA CULINÁRIA

BOLA DE SARDINHAS Á BRAGANTINA RECEITA CULINÁRIA


1 kg de massa de pão de farinha de trigo levedada
12 Ovos
2,5 dl de azeite
12 Sardinhas
2 Cebolas grandes
Sal, farinha e azeite quanto baste

Junte a massa os ovos, sal e o azeite muito quente e ligue muito bem, de modo a obter um preparado perfeitamente homogéneo e bastante fluido. Em seguida, acrescente farinha a pouco e pouco, amassando até a massa ficar enxuta. Divida a massa em duas partes iguais. Estenda metade á mão, em rectângulo e forre com ela um tabuleiro com cerce de 30 cm de comprimento por 20 cm de largura untado com azeite.
Numa frigideira com bastante azeite aloure as cebolas cortadas as rodelas. Retire-as e na gordura fervente deite as sardinhas limpas e sem cabeças, dando-lhes uma entaladela rápida. Disponha as sardinhas assim preparadas sobre a massa do tabuleiro e espalhe sobre elas as rodelas de cebola e o azeite da fritura. Tape a bola com a restante massa dobre sobre esta tampa os bordos da massa que foram o tabuleiro, unindo bem as duas partes. Enfeite com sulcos praticados com um garfo, deixe repousar umas horas para levedar e leve ao forno a cozer.

SARDINHAS FRITAS RECEITA CULINÁRIA

SARDINHAS FRITAS RECEITA CULINÁRIA


Escamam-se, vazam-se, e lavam-se de preferência em água salgada, secam-se com um pano e frigem-se em bom azeite bem quente, e servem-se a seguir.
Podendo ser e preferível passa-las por farinha antes de as por no azeite.
Também se lhes pode tirar a espinha central, passando-as por farinha, depois por ovos mexidos e frigilas.
Servem-se em geral sem acompanhamento mas pode-se acompanhar com açorda ou tomatada á portuguesa preparada em azeite em vez de manteiga.
Também há quem as faça acompanhar com limões cortados ao meio, deitando-lhe algumas gotas por cima.

domingo, 29 de novembro de 2009

HAMBÚRGUER RECEITA DE CULINÁRIA

HAMBÚRGUER RECEITA DE CULINÁRIA


4 c. (de sopa) de sementes de sésamo
1 c. (de sopa) de sementes de linhaça
80 g de pão torrado
100 g de miolo de amêndoa sem pele
80 g de miolo de avelã
2 c. (de sopa) de óleo-de-noz
80 g de tomate
0,5 dl de azeite
acelgas-bebe,
cebola roxa,
sal e pimenta q.b.

Auxiliando-se de um moinho triture as sementes o mais fino possível. Em seguida, triture também o pão, o miolo de amêndoa e avelã, igualmente num moinho. Tempere com sal, pimenta e o óleo de noz. Envolva tudo até obter uma pasta.
Molde depois os hambúrgueres e grelhe-os. Entretanto, limpe o tomate de sementes e triture a polpa. Incorpore-lhe o azeite e tempere com sal e pimenta. Sirva com os hambúrgueres, acompanhando com algumas folhas de acelga e rodelas de cebola roxa.

sábado, 28 de novembro de 2009

CATAPLANA RECEITA CULINÁRIA

CATAPLANA RECEITA CULINÁRIA

Carne de porco assada com amêndoas na cataplana - Algarve

1 kg de carne de porco (lombo ou perna desossada)
150 g de miolo de amêndoa
150 g de manteiga
50 g de banha
1 Cálice de vinho do Porto ou da Madeira
Caldo de carne
 sal e pimenta q.b.

Corte a carne em pedaços pequenos e aloure-os na banha e em 100 g de manteiga. Mude-a para a cataplana juntamente com a restante manteiga, o Porto ou Madeira, o miolo de amendoa pelado e pisado e um pouco de caldo.
 Tempere com sal e pimenta, feche a cataplana e mantenha ao lume 10 minutos de cada lado.

SARRABULHO RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL

SARRABULHO RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL

Sarrabulho á Moda da Beira Para 6 pessoas

500g de lombo de porco
300g de sangue de porco cozido
150g de fígado de porco
125g de unto de porco (gorduras da barriga)
400g de pão de trigo
1 dente de alho
1 folha de louro
1 ramo de salsa
sal; pimenta; colorau e cominhos
2 litros de agua
1 colher de sopa de vinho tinto 
.
Levam-se ao lume a ferver durante 5 minutos os 2 litros de água com meia folha de louro; o dente de alho; a salsa; o sal e um pouco de colorau. 
Corta-se o pão em fatias, coloca-se num tacho e dispõe-se, por cima, o sangue bem espremido e esfarelado.
 Rega-se abundantemente com a água a ferver anteriormente aromatizada e abafa-se.
 Entretanto corta-se o unto em bocadinhos e leva-se a derreter em lume brando ate fazer torresmos que se retiram, introduzindo-se em seguida a carne e o fígado cortados em bocadinhos.
 Tempera-se com sal, pimenta, cominhos, o restante louro e o vinho tinto.
 Deixa-se cozer ate a carne ficar bem bém cozida e aromática.
 Nessa altura junta-se ao pão, e sobre o lume mexe-se tudo muito bem até o pão ficar macio e a mistura homogénea, mas não seca. Se a agua for em excesso e o pão não a absorver totalmente, escorre-se antes de se juntar a carne.
 O sarrabulho deve ficar com a consistência de um creme espesso.

SARAPATEL RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL

SARAPATEL RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL

Sopas de sangue de porco

Ponha um tacho ao lume com azeite e banha, pique uma cebola grande, quatro dentes de alho e uma folha de loiro e deixe alourar.
 Junte depois pimento picado, calda de pimento, tomate e salsa.
 Fica a refogar durante uns minutos. Junta-se agua e deixa-se ferver, junta-se depois o sangue aos pedaços e deixa-se cozer.
Numa tigela ou travessa funda dispõe-se pão em fatias finas.
 Deita-se o caldo com o sangue por cima das fatias e junta-se um ramo de hortelã, tapa-se um pouco e serve-se.

FRESSURA RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL


FRESSURA RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL

1 fressura de porco
4 cebolas
5 colheres de sopa de azeite (ou unto)
3 dentes de alho
1 folha de louro;
sal.

Corta-se a fressura em bocados. Num tacho ou cacoila deita-se a fressura com o sangue que estiver agarrado, as cebolas cortadas em rodelas fininhas, o azeite (ou unto), os alhos esmagados, a folha de louro e o sal. Leva-se ao lume e deixa-se a "estufar" destapado. Quando tudo estiver bem repassado, esta pronto para servir. Serve-se a fressura com batatas cozidas com a pele é peladas na altura.

ALHEIRAS Á TRANSMONTANA RECEITA CULINÁRIA

ALHEIRAS Á TRANSMONTANA RECEITA CULINÁRIA

Alheiras á Transmontana 

 Fazer uma massa, com

 presunto velho
 chouriço de carne
pé de porco
vaca; toucinho
galinha 
 peru

cozidos em conjunto e adicionados de pão de trigo. 
Adicionar banha derretida, pimentos e alho, bem pisados.
 Deixar arrefecer um pouco e ensacar morno, em tripas previamente lavadas, deixadas dois dias em agua com aguardente, rodelas de laranja e folhas de louro.
 Servem-se grelhadas ou fritas

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

BOLA DE CARNE RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL

BOLA DE CARNE RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL


1,5 De massa de pão
200 Gramas de presunto
2 Cebolas
1 Chouriça
1 Salpicão
1 Ramo de salsa
300g de bifinhos de vitela
Manteiga ou banha
Sal Pimenta

Temperam-se os bifinhos de vitela com sal e pimenta e fritam-se num pouco de manteiga. Divide-se a massa ao meio e forra-se com ela um tabuleiro grande, dispõem por cima o presunto cortado em fatias finas, a chouriça e o salpicão cortados as rodelas, as cebolas cortadas as rodelas finíssimas, salsa esfarrapada a mão e os bifinhos de vitela. Rega-se tudo com o molho dos bifes de vitela e tapa-se com a massa que resta, fechando bem a junção. Pica-se toda a bola com um garfo, espalham-se por cima bocadinhos de manteiga ou banha e leva-se a cozer em forno bem quente.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

ALMONDEGAS BIMBY

BOLO REI - RECEITA CULINÁRIA



BOLO REI - RECEITA CULINÁRIA BINBY


700g de Farinha
10g de fermento seco (ou 3 + ½ colheres de chá)
1dl de água fria1
50g de açúcar
100g de margarina
50g de manteiga
3 ovos
100g de frutos secos (pinhões, nozes, amêndoas) partidos
50g de passas
1 laranja, raspa do vidrado
0,5dl de vinho do Porto (ou 4 colheres de sopa)
½ colher de chá de sal
Frutas cristalizadas, amêndoas peladas inteiras e nozes para decorar.
Geleia para pincelar.


Junte a farinha, o fermento, a água, o açúcar, a margarina e a manteiga (amolecidas), os ovos, a raspa de laranja e o sal. Seleccione o programa? massa de pizza? (com duração cerca de 1h30m). Ao fim da primeira amassadura, acrescente frutas secas, passas, vinho do Porto e seleccione novamente o programa? Massa de pizza? No final retire a massa da forma da máquina e forme o bolo-rei (o buraco deve ser largo). Coloque num tabuleiro, previamente untado de óleo. Tape com um pano e deixe levedar por 2h em lugar? quentinho?Pincele o bolo com geleia, decore com frutos secos e cristalizados e enfeite com açúcar em pó em montinhos.
 Leve ao forno, aquecido a 180ºC, por 30 a 35 minutos.
 Retire e volte a pincelar com geleia.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

BIFES PASSADOS PELA MÁQUINA RECEITA CULINÁRIA

BIFES PASSADOS PELA MÁQUINA RECEITA CULINÁRIA

Passa-se a carne pela máquina, amassa-se com sal e pimenta, dando-lhe o feitio de bifes.
Aloura-se uma cebola as rodas em banha e um fio de azeite, tira-se a cebola da frigideira, deitam-se os bifes e, quando estiverem prontos, põem-se na travessa e enfeitam-se com a cebola e um raminho de agriões sobre cada um.
Servem-se com ovos estrelados ou batatas fritas.

BIFES DA MINHA AVÓ RECEITA CULINÁRIA

BIFES DA MINHA AVÓ RECEITA CULINÁRIA

Põe-se no fundo de uma caçarola um pouco de toucinho muito bem picado, uma colher de banha e outra de azeite, cebola as rodas fininhas, rodas de tomates sem peles nem grainhas, salsa picada, pimenta e os bifes devidamente batidos e polvilhados levemente de farinha.
Cobrem-se os bifes com mais rodas de cebola e tomate.
Tapa-se bem a caçarola e deixam-se estufar em lume brando, tendo o cuidado de os mexer para não se queimarem.
Estando os bifes cozidos, servem-se com o respectivo molho e batatas fritas.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

SOPA DE CASTANHAS RECEITA CULINÁRIA

SOPA DE CASTANHAS RECEITA CULINÁRIA


2 Cebolas
2 Dentes de alho
2 C.sopa Azeite
500 g Castanhas congeladas
250 g Courgette
1 Talo de aipo
5 g Erva Doce
1 c. Chá Sal Marinho


Refogue a cebola e alho, bem picados, em metade do azeite. Junte as castanhas, a courgette em cubos e metade do aipo picado. Adicione agua suficiente e a erva doce e deixe ferver. Triture tudo de modo a obter um creme aveludado. Coloque o restante aipo em pequenos cubos e deixe cozer mais um pouco. Tempere com sal e o azeite.



CACHUPA RICA RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL

CACHUPA RICA RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL


Chispes salgados - 2
Frango - 500gr
Chouriço -1
Toucinho entremeado - 150gr
Morcela -1
Carne de vaca de cozer - 500gr
Banha - 100gr
Alho - 3 dentes
Cebolas grandes - 2
Louro - 1folha
Milho - 0,5lt
Couve portuguesa - 4 folhas
Feijão pedra - 3di
Batata-doce - 300gr
Favona - 3dl
Sal - q.b.
Coentros -1 ramo
Agua - 1lt

De véspera demolha-se o feijão e o milho.
No dia seguinte cozem-se.
Á parte cozem-se as carnes e o toucinho.
Noutro tacho cozem-se as folhas de couve cortada aos
bocados e a batata-doce. Leva-se um tacho ao lume com a
banha, a cebola e os dentes de alho picados, a folha de
louro e o ramo de salsa.
Assim que a cebola comece a amolecer, juntam-se as
carnes cortadas aos bocados e todo o resto das hortaliças.
Adiciona-se a agua da cozedura das carnes e um pouco de
agua simples para que o caldo não fique muito forte.
Deixa-se ferver um pouco em lume brando para apurar.
Serve-se em pratos de sopa.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

BACALHAU COM CASTANHAS

Bacalhau com castanhas
Ingredientes para 4 Pessoas
Postas de bacalhau - 2 Farinha - q.b.
Ovos-1
Margarina - 150gr
Alho Francês -1 Cenouras –1
Cebolas - 2
Tomates -1
Castanhas - 200gr Azeitonas - 50gr Sal, noz-moscada e pimenta - q.b.
Preparação.
Coza as postas de bacalhau durante 10m em agua a ferver. Escorra, retire as peles e espinhas e separe o bacalhau em lascas grossas. Passe por farinha e ovo e frite em margarina. Reserve mantendo quente. Corte o alho trances em rodelas, raspe a cenoura em fios, corte a cebola as rodelas e leve tudo a estufar na gordura onde fritou o bacalhau. Quando os legumes estiverem cozidos, adicione o tomate em cubos e as castanhas. Tempere com sal, noz-moscada e pimenta. Tape o tacho e deixe estufar. Enfeite com as azeitonas e sirva a acompanhar o bacalhau frito.

SOPA DE PERDIZ RECEITA CULINÁRIA

SOPA DE PERDIZ RECEITA CULINÁRIA

Caldo de Perdiz 

Perdiz
1 Nabo pequeno
1 Cebola pequena
1 Batatas
 4 Abóbora
 100gr Cenoura
 100gr Nabiças
100gr Banha de porco
 Azeite - q.b.
Sal q.b.

Descasque, lave e corte o nabo, a cebola, as batatas, a abóbora e a cenoura e coloque tudo numa panela com agua e, também, a perdiz.
Deixe cozer tudo muito bem.
Quando tudo estiver cozido retire a perdiz, triture os
legumes e tempere com a banha, azeite e sal.
Corte as nabiças, escalde-as e coloque-as na panela do
caldo, adicione a perdiz desfiada e sirva bem quente. •

sábado, 14 de novembro de 2009

APRENDA A FAZER OS SEUS REMÉDIOS CASEIROS

Aprenda a fazer os seus remédios caseiros
Sabe aquele chá para a dor de cabeça, cólicas, entre outros males do dia-a-dia que a sua avo Ihe receitava? Aprenda, agora, quais são as melhores formas de prepara-los!
DECOCÇÃO
Lave as ervas, coloque-as numa panela e acrescente a água pedida (á temperatura ambiente). De seguida, leve ao lume e deixe ferver por 5 a 10 minutos, ou durante o tempo descrito na receita. Desligue o lume e espere amornar. Coe e adoce. Esta forma de preparação e indicada principalmente para sementes, raízes, cascas e frutos secos.
INFUSÃO
Ferva a quantidade de água pedida na receita, desligue o lume e junte as ervas lavadas. Tape e deixe descansar por 15 minutos. Depois de o chá estar morno, coe e adoce. Geralmente, este processo é mais comum com flores, frutos e folhas das plantas.
MACERAÇÃO
Amasse as ervas com o cabo de uma colher e adicione agua, vinagre, óleo ou vinho. Deixe descansar no mínimo durante 12 horas. Coe e beba. Neste processo, pode-se usar qualquer parte da planta, porem, é mais indicado para vegetais que precisem de longo período de tempo para libertar os seus princípios activos.
SUMOS
A forma mais prática de preparar um sumo é bater as frutas, plantas ou eevas no liquidificador, coar e adoçar.
XAROPES
Amasse os ingredientes pedidos na receita (use o cabo de uma colher) e coloque num recipiente. Cubra com mel, tape e deixe descansar 1 dia. Esprema, coe e tome. Ou ainda: leve as plantas ao lume com água e açúcar até ficar uma calda. Retire do lume, espere amornar e guarde num pote.
INALACOES
Despeje o chá indicado, quente, numa bacia, ou deixe na própria panela em que foi feito. Cubra a cabeça com uma toalha e inale o vapor durante o tempo indicado na receita. Atenção: tenha muito cuidado para não se queimar neste processo.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

GORAZ OU PARGO ASSADO RECEITA CULINÁRIA

GORAZ OU PARGO ASSADO RECEITA CULINÁRIA

Toma-se a parte do rabo do peixe — que é a melhor para assar e esfrega-se com colorau, alho picado e pimenta. Cobre-se com cebola as rodas fininhas, rega-se com azeite, juntando-se-lhe um pouco de banha, um ramo de salsa, uma folha de louro partida aos pedacinhos e um tomate cortado ás rodas, e leva-se ao forno.
Não é aconselhável assar as batatas junto com o peixe, pois tira-lhe o gosto. Será preferível frita-las aos quartos, juntando ao peixe, quando estiver pronto.

SOPA DE GRÃO RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL

SOPA DE GRÃO RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL

Põe-se de molho, na véspera, meio litro de grão.
Coze-se junto com uma cebola inteira, sal, pimenta e uma boa colher de azeite.
Passa-se depois de bem cozido, pelo passador, lançando o polme assim obtido na mesma água onde se cozeu o grão.
Depois de levantar fervura, junta-se-lhe uma chávena de arroz.

MOLHO BRANCO RECEITA CULINÁRIA

MOLHO BRANCO RECEITA CULINÁRIA

Num pouco de leite, dissolve-se uma colher de farinha, outra de manteiga, temperado de sal e pimenta. Leva-se ao lume, a engrossar, e, quando se retira, deitam-se algumas gotas de sumo de limão.

PEIXE COZIDO COM MOLHO BRANCO


PEIXE COZIDO COM MOLHO BRANCO

Coze-se o peixe e as batatas descascadas e partidas aos quartos, com uma cebola inteira.
Depois de tudo cozido, dispõe-se na travessa e cobre-se com o molho branco.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

SOPA DE PEIXE RECEITA DE CULINÁRIA

SOPA DE PEIXE RECEITA DE CULINÁRIA

Põe-se a refogar levemente, numa caçarola, uma cebola cortada ás rodelas grossas, um tomate passado pelo passador, sal, pimenta, um ramo de salsa — com um fio de azeite.
Quando a cebola principiar a alourar, junta-se-lhe a água onde se cozeu o peixe e deixando levantar fervura, em seguida deitam-se para dentro dois ovos (como para escalfar) fervem 2 ou 3 minutos.
Tem-se fatias de pão duro, (cortadas fininhas) dentro de uma terrina, colocam-se em cima os ovos e escalda-se tudo com a água do peixe a ferver. 
Abafa-se a terrina e serve-se

terça-feira, 10 de novembro de 2009

ARROZ DOCE RECEITA CULINÁRIA

ARROZ DOCE RECEITA CULINÁRIA

Cozem-se 250 gramas de arroz em água e sal, até estar meio cozido (aberto).
Nesta altura, deita-se-lhe 1/2 litro de leite, continuando a cozer em lume brando ate ficar na consistência desejada.
Juntamente com o leite, deitam-se 250 gramas de açúcar e quando estiver quase cozido, deita-se no arroz uma casca de limão que se retira depois.
Estando cozido, deita-se em pratos ou travessas e polvilha-se com canela.

CROQUETES RECEITA CULINÁRIA


CROQUETES RECEITA CULINÁRIA

O croquete é geralmente utilizado para o aproveitamento de carnes, dando-lhe um aspecto mais agradável á vista e ao paladar.
Para fazer croquetes, passa-se pela máquina a carne de vaca (podendo misturar qualquer outra qualidade), com chouriço, toucinho e presunto; tempera-se com sal, pimenta, noz-moscada e cebola picadinha.
Faz-se um estrugido com cebola e uma colher de banha, e, quando a cebola estiver loura, junta-se-lhe o picado.
Num pouco de leite, desfaz-se uma colherzinha de farinha de trigo e mistura-se bem com o picado, deixando cozer a farinha para engrossar um pouco.
Depois de fria a massa, deixa-se enxugar até ficar numa boa consistência, própria para se fazerem os croquetes, do tamanho de ovos pequenos. Para finalizar, passa-se por ovo batido, depois por pão ralado, e uma segunda vez por ovo e por pão ralado, fritando-os em azeite.

PUDIM DE ARROZ COM PICADO DE CARNE

PUDIM DE ARROZ  COM PICADO DE CARNE

Faz-se uma porção de arroz e deita-se uma camada num tabuleiro ou prato de ir ao forno; cobre-se com o picado de carne e, sobre este, coloca-se outra camada de arroz.
Querendo, barra-se com uma gema de ovo.
Vai ao forno só para alourar.

sábado, 7 de novembro de 2009

DOCE DE TOMATE RECEITA CULINÁRIA

DOCE DE TOMATE RECEITA CULINÁRIA

Para se pelar bem o tomate, passa-se levemente com a lâmina da faca, sem o cortar, durante algum tempo, na parte oposta ao pedúnculo do tomate; depois, com o bico da faca, puxa-se a pele que sairá com facilidade.
Limpa-se de pevides o polme assim obtido e junta-se-lhe igual peso de açúcar, levando ao lume a tomar ponto. Quando começar a ferver, mexe-se sempre, para não se pegar ao fundo do tacho (que devera ser, de preferência, de barro e que só sirva a doce).
Se for para guardar, deixa-se ferver durante uma hora e meia; sendo para comer na ocasião, bastará uma hora. Ao tirar do lume, deixa-se esfriar e deita-se em taças, frascos de vidro ou tigelas.

COZIDO Á PORTUGUESA RECEITA CULINÁRIA

RECEITA CULINÁRIA COZIDO À PORTUGUESA


Cozido á Portuguesa



Tomando, por exemplo, 1 quilo de carne própria para cozer (ganso, acém ou puja douro), limpa-se, tirando-se-lhe os ossos e a gordura.
Numa panela com bastante agua, coloca-se a carne, os ossos e as gorduras, a que se junta um pedaço de toucinho e outro de presunto; tempera-se de sal e deixa-se ferver.

Logo que a carne esteja quase cozida, junta-se-lhe cenouras, batatas, nabos, hortaliça e metade de um chouriço de tamanho regular.

Com algumas conchas de caldo faz-se um pouco de arroz enxuto que se enforma numa tigela e se desenforma para a travessa enfeitando-a com rodelas de chouriço cozido.

Dispõem-se, á volta, as carnes e os legumes, dando um bonito aspecto á travessa.

O caldo divide-se em duas partes, das quais se destina uma para a sopa do jantar, em que se pode cozer massa miúda, guardando a outra parte para a sopa das refeições do dia seguinte, que se poderá fazer com massa mais grossa ou arroz, conforme a preferência, mas só no dia em que for servida.

BACALHAU ESTUFADORECEITA CULINÁRIA

BACALHAU ESTUFADORECEITA CULINÁRIA

Lasca-se uma boa posta de bacalhau. 
Cortam-se, ás rodas, batatas, cebolas e tomates.
Coloca-se tudo, as camadas, numa caçarola, com um ramo de salsa, um dente de alho picado, pimenta, sal e uma colher de azeite.
Leva-se ao lume, conservando sempre tapada a caçarola.
Coze-se em lume brando,

SOPA DE SENORAS

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

TOUCINHO DO CEU

TIJELADAS-ABRANTES RECEITA TRADICIONAL


TIJELADAS-ABRANTES RECEITA TRADICIONAL

Batem-se 
12 ovos inteiros 
500 grs. de açúcar
sal (umas pedrinhas)
casca de limão 
uma colher de chá bem cheia de canela

depois de tudo bem batido, dissolve-se 125 grs. de farinha num pouco de leite, de m que fique um polme; junta-se aos antecedentes e bate-se tudo muito bem durante uma meia hora, com a mão.

Na hora de ir ao forno, junta-se 1 litro de leite (do qual se tirou o suficiente para dissolver a farinha). Nessa altura e que se põem as tigelas de barro no forno; levam uns quinze minutos a aquecer e só passado este tempo e que se deita a massa líquida nas tigelas, sem as retirar do forno e com o auxilio de um pucarinho preso a uma cana.
As tigelas próprias são de barro não vidrado.

RABANADAS

terça-feira, 3 de novembro de 2009

LEGUMINOSAS

LEGUMINOSAS
Constituíram um alimento básico durante milhares de anos, mas nas últimas décadas foram relegadas para segundo piano. São muito ricas em proteínas, mais que a came, o peixe e os ovos. Alem disso, o seu conteúdo em gordura é escasso relativamente ao dos cereais, não tem colesterol e possuem uma grande quantidade de sais minerais, ferro e vitaminas. Devem ser compradas no inicio do Outono, quando aparecem as novas no mercado. Se as adquirir a granel, deve certificar-se de que são do ano e comprar grãos de igual tamanho e cor uniforme, que não estejam partidos, pelados nem com buracos. Podem ser indigestas, mas tornam-se mais digeríveis se forem deixadas de molho durante uma noite; depois cobrem-se com agua fria, leva-se a agua a ferver e cozem-se durante 10 minutos.
Se se tiver esquecido de as deixar de molho na véspera, coloque-as numa panela com agua em lume brando e, quando começar a ferver, retire do lume e deixe repousar, bem tapado, duran­te pelo menos uma hora. Depois coza-as do modo habitual. Não adicione sal, pois poderia endurecer-lhes a pele, já de si um tanto dura. Para que não se desfaçam durante a cozedura, não deve esquecer-se de as cozer em lume brando, e para que fiquem tenras adicione o sal no fim da cozedura. Uma forma de evitar a flatulência que podem provocar em algumas pessoas consiste em deitar fora a agua na qual ferveram e adicionar certas ervas aromáticas a agua da cozedura, como louro, cominhos, tomilho, salsa ou alecrim e cravinho juntos, que estimulam a digestão. No caso das favas, e melhor tirar-lhes a pele. Para conserva-las, introduza-as num frasco de vidro com vários dentes de alho.

sábado, 31 de outubro de 2009

TOMATE

RABANETE

PIMENTO

NABO

Nabo
Costuma ter duas peles e deve ser descascado para eliminar todas as partes nodosas. Retire-lhe as manchas escuras e corte-o em pedaços, introduzindo-os depois em agua avinagrada para não escurecerem.

FEIJÃO-VERDE

ESPINAFRES

ESPARGOS

ERVILHAS

Ervilhas
As congeladas são mais doces e tenras que as cruas, visto serem congeladas imediatamente após a colheita. É melhor salteá-las ou coze-las ao vapor que coze-las em agua, pois assim perdem menos vitaminas hidrossoluveis. Pode-se adicionar hortelã ou outra erva aromática para
intensificar o sabor.

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

COUVE E COUVE-DE-BRUXELAS

COURGETTE

CHICORIA E ENDÍVIA

Chicória e endívia
São amargas, embora fáceis de digerir. As endívias conservam--se num local escuro e, quando se cortam e não vão ser consumidas imediatamente, devem ser regadas com sumo de limão. A chicória tem de ser bem lavada, mas não deve ser deixada dentro de agua.

CENOURA

CEBOLA

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

BLOCOLOS E COUVE-FLOR

BORRAGEM

BETERRABA

BERINGELA

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

BOLO DE CENOURA SAUDAVEL

AVES

AVES :
A carne das aves possui proteínas completas que intervêm na formação e crescimento dos tecidos. Todas as aves domesticas contem mais proteínas de alto valor biológico e mais ácidos gordos insaturados do que as carnes restantes. São ricas em minerais e vitaminas, especialmente as do complexo B, e pobres em gorduras. Não contem fibra nem hidratos de carbono. No momento de comprar uma ave, procure uma que seja jovem, pois a carne será mais tenra e saborosa. Deve observar as seguintes características:
• Restos de penas.
• Bico macio e flexivel.
• Patas sem escamas, penas ou sinal de esporões (protuberâncias na parte posterior das patas que os galos velhos costumam apresentar).
• Carne firme: depois de ser pressionada com um dedo, deverecuperar a sua forma imediatamente.
Odor fresco e agradável Pele inteira, com os cortes imprescindíveis para extrair as vísceras, e sem golpes nem manchas de sangue.

sábado, 10 de outubro de 2009

CUSCUS


Ingredientes:
• 2 colheres (sopa) de oleo
• 1 cebola pequena picada
• 2 Latas de sardinha ao molho de tomate limpas· (reserve o molho)
• 1 lata de seleta de legumes escorrida
• 1 lata de molho de tomate
• 2 Latas de agua (use a lata de molho de tomate vazia para medir)
• Sal, molho de pimenta echeiro-verde picado a gosto
• 7 Xícara (chá) defarinha de milho
• oleo para untar
• 2 ovos cozidos fatiados Para decorar
Prepare: Decore uma for­ma de buraco no meio de 22cm de diâmetro untada com óleo com as fatias de ovo. Reserve. Em uma panela, aqueça o óleo em fogo médio e refogue a cebola até murchar. Acrescente a sardinha com o molho de tomate da lata, a selecta de legumes e cozinhe por 5 minutos. Adicione o mo­lho de tomate, a água, sal, molho de pimenta, mexa e deixe levantar fervura. Junte a farinha, mexendo vigorosamente por 5 mi­nutos. Adicione cheiro-verde e misture. Retire do fogo e despeje na forma, apertando com uma colher humedecida. Deixe amornar e desenforme.

ESTROGONOF DE LEGUMES

Ingredientes:
• 2 colheres (sopa)de manteiga
• 1 cebola grande picada
• 1 cenoura grande picada
• 2 talos de salsão picados
• 1 pimentão vermelho picado
• 2 Batatas médias semcasca picadas
• 1 Caixa de polpa de·tomate (520g)
• 1 xícara (chá) de ketchup
• 1/2 Xícara (chá) de mostarda•3 xícaras (chá) de agua
• 1 colher (sopa) de Sal
• 1 maço de brócolosem busques
• 1 xi'cara (chd) dechampignon fatiado
• 1 lata de milhoverde escorrido
• 1 xícara (chá) de ervilhasfrescos congeladas
i • 2 Iotas de creme de leite
sem soro
• Salsa picada para decorar
• Batata palha e arroz brancopara acompanhar
Prepare: Em uma panela, aqueça a manteiga em fogo médio, refogue a cebola, a cenoura, o salsão e o pimentão por 2 minutos. Adicione a batata, a polpa de tomate, o ketchup, a mostarda, a água e o sal. Tampe e cozinhe por 10 minutos ou até a batata ficar macia, sem desmanchar. Acrescente os brócolos, o champignon, o milho, a ervilha e cozinhe por mais 8 minutos. Desligue o fogo, misture o creme de leite, decore com salsa e sirva acompanhado de arroz branco e batata palha.Substituição: se preferir, pre­pare esta receita com outros legumes como aboborinha, mandioquinha, chuchu ou couve

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

SANDUICHE COM RECHEIO


A forma original desta sanduíche é com ostras., as quais, geralmente panadas, são neste caso apenas grelhadas e servidas temperadas com alho e ervas. Mas pode fazer-se com outros mariscos ou, até, com peru,


DOSES PARA 4 PESSOAS
16 Ostras frescas
3 Colheres de sopa de azeite25 g de manteiga sem sal
1 Dente de alho esmagado
1 Colher de sopa de salsa fresca picada
Pimenta preta acabada de moer
1 Colher de sopa de sumo de limão
4 Fatias finas de toucinho fumado
2 Meias baguettes ou pães francesesmolho Tabasco
Grelhar as ostras com a parte lisa J_ para cima, ate abrirem ligeiramente. O líquido das ostras ira começar a borbulhar, saindo da casca após cerca de 3 a 5 minutos. Com a ajuda de um pano para segurar na ostra, inserir uma faca entre a parte inferior e a parte superior e fazer rodar a parte superior. Inserir a faca por baixo da ostra para a libertar. Por as ostras e o seu liquido numa tigela.
_ Alisar o toucinho com as costas de JL uma faca, cortar cada fatia em 4 pedaços e fazer quatro rolinhos.
_ Aquecer o azeite e a manteiga com o alho numa frigideira pequena. Juntar a salsa, a pimenta preta a gosto e sumo de limão, mexendo bem.
Enfiar as ostras e os rolinhos de toucinho em quatro espetos ligeiramente untados com óleo. Pincelar com o molho de manteiga e grelhar durante 2 minutos de cada lado, deitando-lhe frequentemente gordura.
_ Abrir cada baguette ao meio e tostar ate ficarem douradas.
Salpicar com o resto da mistura de
azeite com alho.
Retirar as ostras e o toucinho dos espetos, colocando-os no pão. Regar com um pouco de molho Tabasco e servir imediatamente.
UM CLASICO DO SUL
Sendo uma sanduíche famosa na Louisiana, e possível faze-la com varios recheios, com por exemplo fiambre, queijo e peru e também sapateira e ostras. Urna sandwiched a experimenter com os seus rancheros preferidos.


13

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

TOSTAS MISTAS



Tradicionalmente, esta clássica sanduíche francesa é frita em manteiga e oleo, Eis uma forma mais simples de a fazer - no forno,
DOSE PARA 4 PESSOAS
8 Fatias grossas de pão de forma, aparado
Mostarda, a gosto
100 g de queijo Gruyere ás fatias
100 g de fiambre, cortado fino
40 g de manteiga derretida
Aquecer o forno a 230° C. Barrar metade das fatias de pão com mostarda a gosto. (A opção tradicional costuma ser a mostarda de Dijon, mas poderá usar igualmente uma mostarda mais picante ou uma das muitas variedades de mostarda com ervas.)
_ Cortar as fatias de queijo do
tamanho das fatias de pão. Por o
queijo em cima do pão. Fazer o mesmo
com as fatias de fiambre.
Cobrir com as restantes fatias de pão, de forma a fazer sanduíches. Colocar num tabuleiro de ir ao forno.
_ Pincelar ligeiramente as
4 Sanduíches com um pouco demanteiga derretida, guardando arestante.
Cozinhar na parte superior do
forno durante cerca de 5 minutos
ou até o pão ficar ligeiramente louro. Virar as sanduíches com uma espátula, pincelar com o resto da manteiga e cozinhar durante mais 3 a 5 minutos.
Cortar as sanduíches em triangulo e servi-las quentes, embrulhadas em pequenos guardanapos de papel. Se desejar, enfeitar com folhas de alface.

SALSICHA COM CEBOLADA RECEITA CULINÁRIA-- CACHORRO



RECEITA CULINÁRIA SALSICHA COM CEBOLADA--cachorro


"Baguettes" estaladiças abertas ao meio e recheadas

com uma mistura de cebola e pimentos e depois cobertas
com salsichas italianas picantes

DOSE PARA 4 PESSOAS

12 Salsichas italianas
4 Colheres de sopa de água
2 Colheres de sopa de azeite ou óleo vegetal
2 Cebolas as rodelas
4 ou 5 pimentos vermelhos ou verdes ou
uma mistura de ambos, sem a parte
central e cortados as tiras

4 "baguettes"


.«Juntar as salsichas e deixar cozinhar durante mais 3 minutos.
Abrir os pães ao meio. Deitar a mistura de pimentos e cebola na metade inferior de cada pão.
Colocar três salsichas por cima da mistura e cobrir com a metade superior. Antes de servir, cortar cada pão ao meio

Colocar as salsichas numa caçarola com agua. Tapar e deixar cozinhar em lume brando cerca de 5 minutos. Destapar e continuar a cozinhar durante cerca de 15 minutos ou até as salsichas estarem douradas, virando-as de vez em quando.
Ao mesmo tempo, aquecer o azeite numa frigideira e saltear as rodelas de cebola entre 5 a 8 minutos ate ficarem moles mas não louras.
Juntar os pimentos e continuar a cozinhar mexendo de vez em quando, durante cerca de 10 minutos ou até os pimentos estarem moles.

SALSICHAS ITALIANAS

E possível escolher entre salsichas como a luganega, salsichas picantes de porco do Norte da Romana (salsicha al metro); ou salamelle, salsichas pequenas e picantes.
 Apesar de os italianos tornarem estas sanduíches muito temperadas ao usarem salsichas picantes, podem usar-se salsichas :correntes e depois tempera-las com a : mistura de cebola, acrescentando-lhe 1 a 2 colheres de sopa de molho de tomate seco: ;ou natural, misturado com uma generosa pitada de piripiri em po ou uma pequena quantidade de molho picante.

sábado, 15 de agosto de 2009

Bola de sardinha de Bragança


Modo de preparação:
Toma-se um Quilo grama de massa de farinha de trigo, levedada, deitam-se-lhe 12 ovos, um pouco de sal fino e dois e meio decilitros de bom azeite quente; Liga-se tudo muito bem, de modo que fique uma massa perfeitamente uniforme e bastante fluida. Em seguida, acrescenta-se-lhe farinha, pouco a pouco, amassando a massa até que fique enxuta. Esta massa é dividida em duas partes, aproximadamente iguais; Metade estende-se à mão em rectângulo e coloca-se dentro de um tabuleiro de ir ao forno com 0.30 cm de comprido e 0.20 cm de largo aproximadamente, untado com azeite, e dá-se-lhe a forma deste tabuleiro. Numa caçarola deitam-se bastantes rodas de cebola, com muito azeite e deixam-se começar a aloirar, só começar;
Tiram-se as cebolas e, no azeite, deitam-se sardinhas limpas e sem cabeças e dá-se-lhes uma passagem rápida. As sardinhas assim preparadas, dispõem-se arrumadas no tabuleiro formado de massa; For cima delas, dispõem-se as rodas de cebola e rega-se tudo com o azeite da cagarola. For cima põe-se uma tampa formada com a outra metade da massa, tampa que entra neste tabuleiro e sobre a qual se rebatem as paredes do mesmo tabuleiro. Depois do empadão fechado enfeita-se com sulcos feitos na massa e deixa-se repousar por algumas horas, para que a levedura que existia na massa primitiva produza uma certa fermentação e a massa depois de cozida fique um tanto fofa.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

AÇORDA DE SÁVEL RECEITA CULINÁRIA

RECEITA CULINÁRIA AÇORDA DE SÁVEL

3 cabeças e 1 ova de sável
2 pães de trigo
sumo de 1/2 limão
4 dl de azeite
Louro
Coentros
Sal q.b.
piripiri q.b.

Coza a ova e as cabeças com muita agua temperada com sal, louro e azeite. Corte o pão em fatias para uma tigela funda (almoçadeira) e escalde-o com a agua que cozeu o peixe, devidamente coada. Deixe repousar um pouco para embeber, com o pão já embebido, deite-lhe o azeite quente com os alhos fritos, mexendo tudo muito bem para envolver. Leve de novo ao lume para levantar fervura, temperando com sumo de limão, coentros picados e piripiri. Sirva acompanhando com sável frito.


SAIBA MAIS

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

PASTEIS DE TENTUGAL RECEITA CULINÁRIA

PASTEIS DE TENTUGAL RECEITA CULINÁRIA


700 g de farinha
0.5 dl de agua
1 kg de ovos moles
manteiga
canela
açúcar em pó q.b.

Amassa-se a farinha com a água até o preparado ficar macio, deixando-se repousar. Numa mesa bem espaçosa, estenda um cobertor de lã bem esticado e por cima deste uma toalha, deita-se por cima a massa e estende-se o mais fino possível, por exemplo da grossura de uma folha de seda. Corta-se em rectângulos com 16 cm de comprimento e 8cm de largura, passando-se por um tabuleiro untado com manteiga derretida em banho-maria. Sobrepõe-se cinco ou seis rectângulos para formar o folhado. No centra, introduz-se os ovos-moles fechando-se de seguida em forma de travesseiro, dobrando as pontas para cima.

Os pastéis são colocados num tabuleiro e vão ao forno a cozer e a corar levemente. Quando prontos polvilham-se com açúcar em pó e canela.

Sopa da Pedra


Ingredientes:

500 g feijão encarnado

250 g batatas

2 Orelhas de porco

200 g entrecosto

100 g de paio de porco

½ Chouriço de carne

1/2 Negro
1 Farinheira
2 Folhas de louro
1 ramo de coentros
1 Cebola
3 Dentes de alho
cominhos q.b.
3
Ramos hortelã
sal q.b.
Pimenta q.b.
Cravinho q.b.
priri-piri

Modo de preparação:

Salgar a carne de porco com 48 horas de antecedência. Demolhar o feijão encarnado 4 horas antes da sua confecção. Quatro horas antes da confecção demolhar a carne para retirar o excesso de sal. Colocar as carnes, o chouriço, o negro, a farinheira e o feijão encarnado a coser em lume brando. Verter urn fio de azeite e adicionar o alho, o louro a cebola com cravinho. Adicionar as batatas cortadas em pequenos cubos. Retirar por ordem de cozedura a farinheira, o chouriço e o negro e por ultimo as carnes. Temperar o caldo onde estão a cozer as batatas, o feijão com pimenta, sal, cominhos, piripiri e colorau. Cortar agora as carnes e adicionar a sopa. Na hora do empratamento colocar um raminho de hortelã. Manda a tradição colocar
nesta sopa uma pedra.

LAGOSTA SUADA RECEITA CULINÁRIA

LAGOSTA SUADA RECEITA CULINÁRIA


1 Lagosta
2 dl de vinho generoso
2 dl de aguardente velha
3 dl de vinho branco
300 g de tomate maduro
400 g de cebola
300 g de arroz
alho e salsa
raminho de cheiros
piri-piri
sal
pimenta

Faça um refogado da cebola com o tomate e os restantes temperos, metendo depois os vinhos branco e doce e deixe apurar muito bem. Após 45 minu­tes corte a lagosta ao meio e coloque-a no tacho, a "suar", durante 20 minutos, para que tome o gosto do refogado. Sirva com arroz branco cozido decorando a seu gosto.

RECEITA DE CULINÁRIA BIFE À MARRARE



Bife do lombo salteado em manteiga, ao qual é adicionado natas, pimenta preta, aguardente ,e um pouco de mostarda.
Após a redução, este molho devera apresentar alguma espessura cremosa e cor acastanhada. Guarnecido com uma salada mesclada e batata.

domingo, 9 de agosto de 2009

Bolo de bacalhau


Coze-se uma porção de bacalhau com batatas e passam-se pela máquina.
Tempera-se com pimenta e salsa picadinha.
Numa frigideira, deita-se bastante azeite e alguns dentes de alho e quando estes estiverem louros, retiram-se da frigideira, onde o azeite deve estar a ferver.
Mistura-se bem dando-lhe a forma de um bolo, retirando do lume quando começar a alourar.

PASTEIS DE BACALHAU RECEITA CULINÁRIA

PASTEIS DE BACALHAU RECEITA CULINÁRIA


Coze-se uma posta de bacalhau demolhado e passa-se pela máquina.
Coze-se uma porção de batatas e esmagam-se; junta-se o bacalhau e as batatas; salsa picada, pimenta e duas ou três gemas de ovos e as claras batidas em castelo. Fritam-se em óleo.

PASTELÃO DE BACALHAU RECEITA CULINARIA

PASTELÃO DE BACALHAU COM FEIJÃO VERDE RECEITA CULINÁRIA


Coze-se o bacalhau, depois pica-se e refoga-se em azeite e cebola picadinha.
Coze-se feijão verde e pica-se, juntando ao bacalhau já refogado.
Depois, deitam-se gemas de ovos e as respectivas claras batidas em castelo.
Estando tudo devidamente misturado, deita-se numa forma de loiça própria para ir ao forno e barra-se com gema de ovo.
Vai ao forno a corar.
Antes de deitar o bacalhau na forma, cobre-se o fundo desta com azeite bem quente.

FILETES DE BACALHAU RECEITA DE CULINÁRIA

FILETES DE BACALHAU RECEITA DE CULINÁRIA

Corta-se em lascas uma posta de baca­lhau cozido.
Passam-se por farinha e ovo batido e fritam-se.

Doce de tomate

Para se pelar bem o tomate, passa-se levemente com a lâmina da faca, sem o cortar, durante algum tempo, na parte oposta ao pedúnculo do tomate; depois, com o bico da faca, puxa-se a pele que sairá com facilidade.
Limpa-se de pevides o polme assim obtido e junta-se-lhe igual peso de açúcar, levando ao lume a tomar ponto. Quando começar a ferver, mexe-se sempre, para não se pegar ao fundo do tacho (que devera ser, de preferência, de barro e que só sirva a doce).
Se for para guardar, deixa-se ferver durante uma hora e meia; sendo para comer na ocasião, bastará uma hora. Ao tirar do lume, deixa-se esfriar e deita-se em taças, frascos de vidro ou tigelas.
Para se pelar bem o tomate, passa-se levemente com a lâmina da faca, sem o cortar, durante algum tempo, na parte oposta ao pedúnculo do tomate; depois, com o bico da faca, puxa-se a pele que sairá com facilidade.
Limpa-se de pevides o polme assim obtido e junta-se-lhe igual peso de açúcar, levando ao lume a tomar ponto. Quando começar a ferver, mexe-se sempre, para não se pegar ao fundo do tacho (que devera ser, de preferência, de barro e que só sirva a doce).
Se for para guardar, deixa-se ferver durante uma hora e meia; sendo para comer na ocasião, bastará uma hora. Ao tirar do lume, deixa-se esfriar e deita-se em taças, frascos de vidro ou tigelas.

Pescadinhas fritas

Amanham-se pescadinhas pequenas, torcem-se de maneira que fiquem com o rabo entalado na boca, enxugam-se num pano, passam-se por farinha e fritam-se em azeite ou óleo. Servem-se acompanhadas de arroz de manteiga.

Arroz de peixe

Deita-se o arroz, convenientemente lavado, numa caçarola com agua suficiente para o cozer; tempera-se com sal e pimenta e junta-se-lhe uma cebola, uma cenoura e azeite.
Deixa-se cozer tudo a fogo brando sem lhe mexer; tira-se depois a cebola e a cenoura e passam-se pelo passador bem como um pouco de peixe ou bacalhau cozido; fez-se de tudo isto um polme que se junta ao arroz.

sábado, 8 de agosto de 2009

Bacalhau verde


Tem-se demolhado, uma posta de baca­lhau que faça boa lasca, coze-se e parte-se às lascas.
Desfaz-se uma colher de farinha num pouco de leite.
Junta-se-lhe sal, pimenta, uma colher de manteiga e as lascas do bacalhau.
Leva-se ao lume a ferver durante um quarto de hora em lume brando.
Pica-se uma boa porção de salsa que se deita por cima do bacalhau, assim como o sumo de um limão, depois de já estar o ba­calhau na travessa.

Bacalhau em puré


Coze-se o bacalhau e parte-se aos bocadinhos.
Numa caçarola faz-se um refogado com bastante azeite e cebola às rodas até ficar loura.
Em seguida, junta-se-lhe batata cozida passada pela máquina, uma colher de manteiga, o bacalhau, bastante pimenta e umas colheres de leite. Leva-se ao forno a alourar.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Pudim de bacalhau


Passa-se pela máquina depois de cozida uma boa posta de bacalhau e quatro batatas grandes, tempera-se esta massa com manteiga, sal, pimenta, três gemas e uma casquinha de limão, depois de tudo bem incorporado, adiciona-se-lhe três claras batidas em castelo. Pode ir ao forno em forma pirex ou em forma vulgar, esta untada de manteiga, para depois desenformar. Serve-se acompanhado de salada de agriões.

sexta-feira, 31 de julho de 2009

BOBÓ DE FRANGO



Ingredientes

500g de mandioca descascada
2 xícaras de leite
1 colher (sopa) de óleo
1 Cebola pequena picada
"500g de frango (peito ou sobre coxa) sem osso e sem pele em cubos
" 2 Tomates maduros sem pele e sem sementes em cubos
" Sal, pimenta-do-reino e cheiro-verde picado a gosto

Corte a mandioca em pedaços, coloque em uma panela de pressão, cubra com agua e cozinhe por 20 minutos.
Depois de iniciada a pressão. Deixe a pressão sair para abrir a panela e escorra. Transfira a mandioca para o liquidificador, adicione o leite e bata ate formar um creme. Reserve. Aqueça uma panela com o óleo e refogue a cebola ate murchar. Adicione o frango e refogue por 5 minutos ou ate dourar. Acrescente o tomate e refogue por mais 3 minutos. Despeje o creme de mandioca e cozinhe por 10 minutos em fogo baixo, mexendo para não grudar. Tempere com sal e pimenta. Transfira para uma vasilha e polvilhe com o cheiro-verde. Se desejar, sirva

quinta-feira, 30 de julho de 2009

ALMONDEGAS DE FRANGO


Ingredientes
2 files de peito de frango moídos
" Sal e pimenta-do-reino a gosto
• 1/2 lata de crème de leite
• 2 colheres (sopa) desalsa picada
• 2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
' 1 e l/2 xicara (chá) de farinha de rosca
' 1 ovo batido
~ Óleo para fritar

Em uma tigela, coloque o frango, sal, pimenta, o creme de leite, a salsa, o queijo, 1/2 xícara (chá) de farinha de rosca e misture até obter uma massa homogénea. Modele bolinhas, passe no ovo, na farinha de rosca restante e frite em óleo quente ate dourar por igual. Retire do fogo e escorra em papel-toalha.

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Almôndegas de frango com amêndoas



Ingredientes

400g de file de peito de frango
1 cebola grande
2 colheres (sopa) de salsinhapicada
1 pitada de pimento calabresa
2 colheres (chá) de sal
1/4 Xícara (chá) de amêndoas torradas
•2 xicaras (chá) de óleo de milho Molho
• 1/2 Xícara (chá) de suco de maracujá
xicara (chá) de agua
colheres (sopa) de Mel
• 1/2 colher (sopa) de maisena

* Amendoas em lascas para decorar

No liquidificador, bata todos os ingredientes das almôndegas, menos o óleo, até obter uma massa homogénea. Unte bem as mãos com 1 colher (sopa) de óleo e modele 24 almôndegas com a massa. Em uma panela, aqueça em fogo alto o restante do óleo e frite as almôndegas até dourarem por igual. Em outra panela, coloque o suco de maracujá, a agua, o mel, a maisena e cozinhe em fogo alto por 5 minutos, mexendo sempre. Sirva as almôndegas com o molho e polvilhe com amêndoas.